.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

De Segunda a Sexta das 9:00 às 17:00 Horas

Saúde - Terça-feira, 07 de Março de 2023

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Secretaria de Saúde de Itapetininga elabora protocolo de Dieta enteral para acamados que se torna referência no Estado

Confira os detalhes


Secretaria de Saúde de Itapetininga elabora protocolo de Dieta enteral para acamados que se torna referência no Estado

A Secretaria Municipal de Saúde de Itapetininga está se tornando referência no Estado de São Paulo ao criar um protocolo de dieta enteral industrializada para pacientes acamados ou crônicos. A Unidade de Dispensação de Medicamentos (UDM), conhecida como Farmácia Municipal, é distribuidora de dietas enteral, suplementos e fórmulas infantis, de acordo com os critérios estabelecidos pelo projeto implantado.

O programa vem chamando atenção da esfera estadual e também, agora, do Ministério da Saúde, afirmou a administração municipal. Dentre as patologias, estão as pessoas portadoras de oncologia, alzheimer, AVC, doença renal crônica,  bebês e idosos com baixo peso e desnutrição, além de acamados de diversas síndromes.

Segundo a Prefeitura, o serviço é destaque na área da saúde. No ano passado, a alimentação atendeu 5.265 pacientes em Itapetininga. Todos os recursos são arcados pelos cofres municipais, pois não existe nenhuma verba dos governos federal ou estadual para este fim. 

De acordo com a Secretaria de Saúde de Itapetininga, todo o fornecimento é feito mediante acompanhamento pelo SUS. São oferecidas dietas enteral industrializadas e suplementos, com prescrição de nutricionista, e fórmulas infantis, com receituário médico. A pasta disse ainda que o serviço também assiste os bebês nascidos de mães infectadas HIV ou com HTLV¹ ou HTLV², para evitar que a doença ou os medicamentos utilizados afetem a saúde do bebê, através da amamentação.

A secretaria salientou que, em sua maioria, a entrega dessa “alimentação” é feita para atender o paciente fragilizado, principalmente, onde as condições de higiene sanitárias não possibilitem uma adequada manipulação da dieta, podendo comprometer a parte gastrintestinal do doente, agravando ainda mais as condições físicas e de saúde.

Em 2021, foi aprovado um novo protocolo pelo Conselho Municipal de Saúde, em que foram aperfeiçoados os critérios da dieta enteral industrializada, que pode ser em pó ou líquída, ou formada pelos seguintes nutrientes: fibras, proteínas, lipídeos e também fórmulas infantis para os bebês com patologias específicas, acrescentou a nutricionista da UDM. 

Atualmente, o Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (COSEMS), com o apoio da Prefeitura de Itapetininga e da secretaria de estadual de Saúde,  iniciará as tratativas junto ao governo federal no sentido de que sejam elaborados protocolos nacionais. O objetivo é garantir, às prefeituras, o financiamento e a padronização pelo SUS. 

 Serviço:

Unidade de Dispensação de Medicamentos (Farmácia Municipal)

Endereço: Rua Quintino Bocaiúva, 784 – Centro - Itapetininga

Horário do setor Nutricional: 7h30 às 12h.

Facebook Twitter WhatsApp Imprimir

855 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.

Unidades Fiscais

.
UFM - 2020

R$ 100,76

.
UFM - 2021

R$ 104,70

.
UFM - 2022

R$ 115,87

.
UFM - 2023

R$ 123,36

.
.

Prefeitura Municipal de ITAPETININGA - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.