.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

De Segunda a Sexta das 9:00 às 17:00 Horas

Idioma

Português

English

Español

Francese

Deutsch

Italiano

Gabinete - Quarta-feira, 10 de Julho de 2013

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Fundo Social oferece curso gratuito de tricô, crochê e tear

FSS


Fundo Social oferece curso gratuito de tricô, crochê e tear

O inverno chegou. Nesta estação as pessoas procuram mais aconchego e calor. Não tem como pensar em calor sem lembrar de roupas de lãs, toucas, cachecol. Este período também é uma boa fonte de lucro para quem trabalha com tricô, confeccionando peças para aquecer o frio.

O Fundo Social de Solidariedade de Itapetininga oferece oportunidade para quem deseja se profissionalizar nesta área. O curso de tricô, crochê e tear capacita pessoas para confeccionar peças e aumentar a renda.

A professora de Tricõ, Crochê e Tear do Fundo Social de Itapetininga, Olga Mazzalai, conta que desde os 12 anos as agulhas, linhas e lãs a ajudam na renda. “Aprendi a fazer tricô com a minha avó e mesmo criança já ganhava um dinheirinho, fazendo cachecóis e turbantes”, especialmente no inverno, conta Olga.

Ela conta que nunca fez cursos, aprendeu tudo na prática, fazendo. Depois que aprendeu o básico, foi evoluindo, fazendo blusas e casacos. A clientela foi chegando. “Vendia em lojas, como sacoleira e minha filha também ajudava. Foi um importante complemento na minha renda”.

Olga dá aula no Fundo Social há nove anos. As alunas aprendem o básico, desde o começo. É o caso de Rita de Cássia Santana. Ela entrou sem saber nada e procurou o curso para se distrair, mas também visualizando uma oportunidade de ganhar algum dinheiro.

“Já vendi capa de galão e até cortina. Foi muito bom receber o dinheiro do meu trabalho, porque percebemos que as pessoas dão valor ao que fazemos”, conta Rita de Cássia, que trabalha com vans, mas complementa a renda vendendo o que aprende no curso.

 

De acordo com a professora, qualquer pessoa pode aprender a fazer tricô e crochê. “Basta ter força de vontade e acompanhar as tendências da moda, em revistas e na internet, para estar sempre atualizado”, finaliza Olga.

635 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.

Unidades Fiscais

.
UFM - 2020

R$ 100,76

.
UFM - 2021

R$ 104,70

.
UFM - 2022

R$ 115,87

.
UFM - 2023

R$ 123,36

.
.

Prefeitura Municipal de ITAPETININGA - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.