.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

De Segunda a Sexta das 9:00 às 17:00 Horas

Idioma

Português

English

Español

Francese

Deutsch

Italiano

Promoção Social - Sexta-feira, 15 de Setembro de 2017

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Setembro Amarelo: Mês de prevenção ao suicídio

Projeto “Falar é bom” inicia neste mês de setembro


Setembro Amarelo: Mês de prevenção ao suicídio

A Secretaria de Promoção Social, por meio da Coordenadoria da Mulher, em parceira com o Ministério Público do Estado de São Paulo, Centros de Atenção Psicossocial Infantojuvenil - Álcool e Drogas (CAPS), Diretoria Regional de Ensino de Itapetininga (Derita), voluntários e o coletivo “Grito do Eu” e Núcleo de Pesquisa e Difusão de Metodologia, Teatro do Oprimido, iniciam neste mês de setembro o projeto “Falar é bom”. O objetivo da ação é a prevenção do suicídio na adolescência, além de demonstrar a importância de debater o assunto. O público alvo da campanha são adolescentes entre 12 e 17 anos.

 

O foco da campanha consiste nesta faixa etária já que a adolescência é um período de transformação, em que múltiplas mudanças físicas, psíquicas, afetivas e sociais acontecem. No centro destas mudanças está a metamorfose do corpo de criança para o de adulto. Na criança, o corpo é conhecido e seguro, numa relação de vínculo protetivo constante com a família. Ao entrar na puberdade, as alterações hormonais e morfológicas se estabelecem, assim como a emergência de novas capacidades de sentir, pensar e agir.

 

De acordo com um relatório divulgado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) em maio de 2014, a depressão é o principal problema de saúde entre os adolescentes, fator diretamente relacionado ao suicídio, uma das três maiores causam de morte na faixa etária de 10 a 19 anos, juntamente com acidentes de trânsito e o vírus da AIDS.

 

O suicídio pode ser a consequência mais grave de um quadro depressivo não tratado adequadamente, mas não é a única. A depressão na infância e na adolescência é duradoura e afeta múltiplas funções, causando significativos danos psicossociais.

 

SINAIS DA DEPRESSÃO:

1-        Humor deprimido: apatia, desânimo. Baixa estima e crises de choro.

2-        Apatia: falta de energia e cansaço.

3-        Isolamento social.

4-        Irritabilidade: explosões de raiva e descontrole.

5-        Alteração do ritmo de sono. Dorme mais ou menos. Insônia.

6-        Alteração do apetite. Perda ou aumento de apetite, sobretudo por alimentos doces.

7-        Dificuldade de concentração – queda do rendimento escolar.

8-        Uso de drogas.

9-        Automutilação (“alívio”, tenta-se tirar o foco da dor emocional).

10-      Comportamentos de risco.

11-      Pensamentos constantes de morte.

 

Neste sentido, a prevenção dos comportamentos relacionados à intenção de suicídio entre os adolescentes é uma das prioridades de intervenção abordada, inclusive, no Plano Nacional de Saúde Mental. Tendo em vista a necessidade da discussão da temática junto ao território e aos profissionais que desempenham suas atividades diretamente ligadas ao público infantojuvenil, o CAPS IJ convida os profissionais que atuam junto às escolas para participar das “Rodas de Conversas: Falar é bom”.

 

Elas acontecem, a partir do dia 19, todas as segundas-feiras, das 7h às 9h, no espaço do CAPS infantojuvenil, localizado à rua Napoleão Tavares da Silveira n° 317, Vila Paulo Ayres. Qualquer profissional da escola pode participar. É necessário apenas fazer o agendamento prévio pelo número (15) 3273-4227.

 

VEJA A PROGRAMAÇÃO E PARTICIPE:

19/09 – 9h – IFSP  – Grupo de Conversa com a Psicóloga Cássia (TJSP) e apresentação Teatral com o Coletivo Grito do Eu
24/09 – 9h30 – Caminhada em Favor da Vida - Projeto Falar é Bom – Saída Igreja das Estrelas com chegada e ponto final na Feira-Livre (VISTA AMARELO E VENHA CONOSCO).
05/10 – 9h – IFSP - Grupo de Conversa com a Psicóloga Cássia (TJSP) e apresentação Teatral com o Coletivo Grito do Eu
Grupo de Conversa com Pais de alunos de Escolas Estaduais
Palestra e apresentação Teatral com o Coletivo Grito do Eu para alunos de Escolas Estaduais
Atendimento aos profissionais da área de educação: todo mês de setembro pelo CAPS IJ (através de agendamento prévio)
AS ESCOLAS QUE TIVEREM INTERESSE NOS ENCONTROS SOBRE A TEMÁTICA DEVERÃO FAZER CONTATO COM A COORDENADORIA DA MULHER PELO TELEFONE (15) 3273-4186 PARA VERIFICAÇÃO DE AGENDA.

 

 

965 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.

Unidades Fiscais

.
UFM - 2020

R$ 100,76

.
UFM - 2021

R$ 104,70

.
UFM - 2022

R$ 115,87

.
UFM - 2023

R$ 123,36

.
.

Prefeitura Municipal de ITAPETININGA - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.